• Felipe Klein

Transgredindo as regras da arte

Toda arte tem regras e mente aquele que diz que não tem. Não que exista um feixe estrito de normas para a construção do saber artístico, mas até nas pequenas pinceladas de um pincel há uma profusão de elementos que se podem chamar de regras, jeitos de fazer e até mesmo técnicas específicas para a produção de arte.

Mas então o que significa transgredir as regras da arte? Muitos dizem que a arte deve ser livre e não ter nenhuma regra, o que eu concordo absolutamente com. Mas também é verdade que as regras, técnicas e jeitos existem por um motivo e este não deve ser negligenciado por um artista novato.

Isso tudo nos leva a pensar em como transgredir as regras da arte. Não há dúvida de que os maiores artistas desde então são aqueles que souberam transgredir as regras da arte que lhes precederam. Quando uso a palavra artistas aqui, o faço em um sentido amplo, é claro: pintores, escultores, desenhistas, fotógrafos, cineastas, escritores, atores, etc.; todos seguem meios e os quebram de vez em quando, e em algumas raras ocasiões isso leva ao aparecimento de gênios artísticos, ou talvez de mentes incompreendidas em suas próprias épocas.

Acredito que deva haver pelo menos três formas de se transgredir as regras da arte: a primeira delas, por ignorância, é conjugada por aquele que desconhece as regras e que o faz simplesmente por não saber como é que se faz. Há aqueles que, ao contrário, tem conhecimento das regras, mas que as desobedece somente pelo motivo de transgredi-las; são espíritos livres e almas rebeldes aqueles que fazem isso. Por último, há aqueles que sabem que as regras existem, mas as quebram, pois isso lhes proporcionará um toque estético impensado de outra forma para as suas obras.

Todas as três formas podem, de vez em quando, produzir arte de qualidade, que nos toca e nos faz sonhar, porém penso que apenas a última dessas formas possua um valor realmente artístico. Não há como escapar: temos que conhecer bem o que fazemos para que isso produza bons resultados. Toda arte é fruto da perseverança e dedicação.

Felipe Klein - Direito UFPR

#universitário #casaestudante #morador #cultura #arte #artemoderna