• Comunicação

Início de Ano a milhão!

2016 começou a todo vapor. A Casa retornou das férias na semana do dia 21 de fevereiro, semana essa que já movimento a Celu quanto à organização do Concurso de Novos Moradores que aconteceu no final de semana seguinte. Depois do concurso, em março, como já era de se esperar, houve uma maratona de eventos: Pai Nosso com Almoço, Churrasco dos Calouros, Interandares, Rua do Recreio e Café Debate. Todos esses movimentaram a Casa e proporcionaram bons com valiosas realizações.

Concurso de Novos Moradores 2016.1

Nos dias 27 e 28 de fevereiro, aconteceu o primeiro Concurso de Novos Moradores de 2016. Este ano tivemos um grande número de Inscritos: 44. Desses inscritos, alguns dados são interessantes: 19,6% são extrangeiros; 27,1% são paranenses, 12,5% são catarinenses e 22,9% são paulistas; 39,1% soube da Celu através da indicação de um amigo, 15,2% através da indicação da universidade, 15,2% através do site, 8,7% através do site e 2,2% através dos cartazes.

Desses 44 candidatos, 24 foram aprovados, havendo apenas uma desistência. Assim, esse evento, que contou com a colaboração em peso dos Moradores, encheu a Casa novamente com sangue novo, de calouros comprometidos e que são a esperança de uma Celu cada vez melhor. Sejam Bem Vindos, Calouros.

Celu 46 Anos

Na noite de sábado, dia 27 de fevereiro, a Celu comemorou mais um aniversário. Desta vez, os moradores se reuniram no salão social para apreciar um rodízio de pizza feito por uma empreza tercerizada que as fez na cozinha comunitária. O evento contou com com o canto de parabéns a você e a ilustre presença de alguns ex-Moradores e amigos.

Mutirões

Para deixar tudo organizado, foram feitos mutirões de limpeza, patrimônio e manutenção elétrica. Foi feita a limpeza do salão, churrasqueira, carregamento de entulho, impermeabilização das lages e revisão dos quadros elétricos, além de outras atividades. Todas essas contaram com a ampla participação dos Calouros.

Pai Nosso Com Almoço 2016.1

No dia 05 de Março, o Departamento Pastoral promoveu, no salão social da Celu, o abençoado Pai Nosso com Almoço. Esta tradição Celuense costuma reunir Moradores e amigos para desfrutarem pratos especiais caseiros e a refletir. Em conjunto, nesse evento tivemos novamente a pregação do pastor Walter Schenkel. Como costume, a reflexão ocorreu antes de iniciar o almoço, onde o Pastor Walter citou Matheus, capitulo 6, versículos 19 ao 21 e articulou sobre a prosperidade em relação aos bens materiais. Logo após, celuenses e convidados, juntos à mesa como uma grande família, se deliciam com a comida feita pelo Departamento de Alimentação. E, assim encerrou-se uma tarde agradável e única na Celu, com comida à vontade e companheirismo entre os irmãos celuenses, uma imensa família.

Churrasco dos Calouros 2016.1

Embalos de sábado à noite! A recepção dos calouros, um tanto quanto reveladora, aconteceu na noite de sábado, dia 05. E, o que não falta são histórias para contar sobre. Graças à ótima organização do Departamento de Esporte e Lazer e Alimentação, foi possível embriagar-se de cerveja e para quem tem o estomago fraco, foi só bebe com a pança cheia, também ninguém passou vontade, pois o churrasco rolou até as 23:00 horas! Em resumo, muitas pessoas fizeram novas amizades, gargalharam e, possivelmente, até se pegaram. Esse tipo de evento é ótimo para descontrair e mostrar aos novos Moradores que a Celu, não é apenas um lugar aonde o “aluguel” é barato e que deve-se seguir regras específicas, mas sim, um lugar para abrir percepções, amadurecer intelectualmente e se divertir ao longo do caminho. Afinal, a vida não é apenas pão, é necessário circo também.

Interandares 2016.1

De fato, esporte não é o forte, no caso dos celuenses. Ainda mais quando o evento esportivo é no dia seguinte ao churrasco dos calouros. E, foram poucos os que tiveram coragem de participar do interandares no domingo de manhão, dia 06 de março. Contudo, foi um momento de descontração e boas jogadas que teve a participação dos Moradores, Calouros e Hóspedes, além de alguns amigos da CEU que também prestigiaram a pelada.

Rua do Recreio 2016

Um dos programas mais importantes no calendário celuense é a Rua do Recreio, o evento que acontece anualmente, é na verdade o momento em que os Moradores tiram um dia para servir e se doarem as crianças. Este ano as atividades foram realizadas no dia 12 de março, e a instituição atendida pela CELU foi o Recanto Esperança.

Cerca de 35 crianças estiveram presentes, as faixas etárias variavam de seis a quatorze anos, e, elas se divertiram com os celuenses e com os amigos que comparecerem. Dentre eles, estavam os membros da CENIBRAC e LAC (que vieram em grande número como sempre), outros jovens voluntários, das demais Casa Estudantis, instituições religiosas, e ONGs, que juntos dedicaram o dia inteiro aos pequeninos.

O evento começou com um café da manhã especial para os convidados, teatro, plantiu de uma muda de Pau-Brasil, e brincadeiras (diga-se de passagem, as crianças se aproveitaram o momento e fizeram cavalinho em quase todos celuenses). O passeio de pedalinho no parque em frente à Celu foi liberado, e várias crianças acompanhadas dos seus “tios” puderam andar nos brinquedos. Teve também os atrativos montados pelos celuenses no próprio parque, que distraíram as crianças, como: a cama elástica, o escorregador inflável, jogos, e algodão doce, que foi liberado para as crianças que também circulavam pelo local.

A novidade desse ano foram as camisetas do evento que foram distribuídas também às crianças, que puderam levar consigo como recordação. Além do fato da casa ter recebido um grande apoio dos moradores da CENIBRAC, LAC, e de outros voluntários. Fica evidente que a Rua do Recreio tem ganhado força, e a cada ano tem tomado proporções maiores.

Café Debate - O Sentido da Vida

Na manhã de domingo, dia 13 de março, a CELU recebeu a presença do psicólogo João Paulo Borgonhoni para uma palestra no “Café com Debate”. Este evento organizado pela Pastoral, e o tema da discussão foi “O sentido da vida”. Durante o bate papo o palestrante trouxe a reflexão dos presentes sobre como a vida pode se tornar vazia a partir do momento em que já não se tem um referencial ou mesmo um porquê de viver.

A palestra que começou ás 10 horas da manhã teve uma numerosa presença dos celuenses que participaram do bate-papo, inclusive nas perguntas e interação. Alguns não-moradores também estiveram presentes, o estudante de teologia Paulo Marins Gomes e sua esposa psicóloga de nacionalidade espanhola, Ester Utrilla de Figueiredo, contaram que a palestra os acrescentou em vários pontos, e ajudou à Ester reforçar alguns conceitos que ela já debatia, pois, em seu país ela exercia a profissão de psicóloga. “O evento foi muito interessante para reafirmar muitos dos conceitos os quais eu concordo, e, inclusive defendo dentro da Psicologia, sobre a importância de termos um sentido, um alvo, um porquê de vivermos.” afirmou Ester.

#blog #eventos #universitarios #esporte #noticia #fé #açãosocia #casa #passeiopúblico #brincadeira #café #interandares #futebol