Oportunidades???


Na vida encontramos muitas coisas, pois é dirigida de ganhos e perdas, vitórias e derrotas, sucesso e fracasso. Porém depende, que ponto de vista é o nosso. Sempre antes da vitória vem a luta, antes do sucesso vem os obstáculos, e antes dos ganhos vem o querer.

Muitos encaram o que antecede a “parte boa” como barreira, obstáculos, vê um monte de pedras e acabam construindo muralhas, paredes, ao invés de construir escadas, pois construindo escadas, você vai subindo degrau por degrau, e quando se está no útimo degrau é só construir mais um, para o alcance do seu objetivo.

Ao atravessarem o deserto, todos acham que é só sofrimento. Penso que o deserto é um lugar de aprendizagem, mas um lugar passageiro e não uma moradia. Porém, quem olha o deserto já vai montando sua barraquinha e ali fica até começar a faltar mantimentos, ao invés de atravessar antes que se acabem.

A Celu é parecida com o deserto, muitos sentam e amam sua barraquinha, outros caminham rumo ao conhecimento, explorar o que ela tem de melhor a oferecer. A cada caminhada no corredor da vida Celuense, existem os que acham somente paredes dos dois lados e alguns obstáculos. Outros, vão além, exploram estes obstáculos e ao “abrirem” ou explorarem, percebem que o que foi dificuldade para alguns, já serviu para proteger de algo. Mas há outros que enxergam ainda mais além. Veem os obstáculos, transformam em algo para os protegerem e ainda mais do que ver paredes dos dois lados, conseguem ver portas nestas paredes, e vão batendo em cada porta, encontrando diversos tipos de pessoas.

Algumas não vão nem dar importância, outros além de não dar importância vão criticá-lo ou até mesmo tentar impedí-lo de sua caminhada, tentando implantar o desânimo, com palavras altamente cortantes. Mas também terão aquelas que além de caminhar contigo, o ajudarão a explorar os obstáculos, vencer as batalhas e incentivar a querer mais, mas querer mais e mais, acreditando no seu potencial e no seu futuro.

E mais do que enxergarem paredes com portas dos dois lados, e obstáculos explorados, conseguem olhar para o horizonte, e fazem o que aos olhos de muitos parecia impossível, fazem com que a linha do horizonte una o céu ao mar, ou o céu á terra, e fazem perceber que as oportunidades estão aí, basta agarrar-las com as duas mãos. Como disse Antônio Pereira em seu poema “A Pedra” em seu livro “Essência”: “Por si só, uma pedra é uma pedra. O uso que fazemos dela é o que faz a diferença”

A Pedra

O distraído, nela tropeçou,

O bruto a usou como projetil,

O empreendedor, usando-a construiu,

O camponês cansado da lida fez dela um assento,

Para os meninos, foi um binquedo.

Drummond a poetizou, Por fim...

O escultor a concebeu a mais bela escultura.

Em todos os casos a diferença não era a pedra,

Mas o homem. ( Antônio Pereira)

Edenilson Taborda

Estudante de Administração - FACEL

#blog #Estudante #Desafios #obstaculos #vida #espiritualidade #poema #Casa

Destaque
Posts em breve
Fique ligado...

Casa do Estudante Luterano Universitário - Celu

Declarada de Utilidade Pública pela Lei Municipal nº 4.184 de 18/04/72

Endereço: Rua Presidente Carlos Cavalcanti 239, Centro - Curitiba - PR

CEP: 80020-280 - Fone: (41) 3324-3313 - C.G.C.: 75047811/0001 47

 

© 2021 Comunicação Celu

  • Facebook - White Circle
  • Google+ - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Instagram - White Circle