• Sirlon F. Blaskievicz

Nanotecnologia e afins

Science Bitch_edited.jpg
Olá caros colegas, a minha ideia iniciando essa coluna é levar informação das mais variadas áreas da ciência de uma maneira mais informal. O primeiro assunto é algo que está bastante na mídia ultimamente, ebola, a epidemia que assola a África e amedrontou até mesmo o Brasil poucos dias atrás. Trata-se de um vírus que ataca as células dendríticas (responsáveis por sinalizar infecções e ativar os anticorpos do corpo) e aí começa um efeito cascata, por interromper essa sinalização celular o vírus começa a se replicar rapidamente, quando ele cai na corrente sanguínea acaba infectando células que aumentam a taxa de coagulação do sangue, com isso há uma redução da irrigação dos órgãos levando a um aumento de óxido nítrico que por fim degrada os vasos sanguíneos levando à uma hemorragia.

Mas aonde entra a nanotecnologia nisso tudo? Mais precisamente hoje eu vou falar sobre nanopartículas metálicas, as nanopartículas de ouro por exemplo estão sendo utilizadas para o tratamento de câncer por conseguirem reconhecer as células danificadas com eficiência e o mesmo princípio está sendo utilizado para o ebola mas ainda em fase de desenvolvimento, o tratamento consiste em administrar as nanopartículas ao organismo do paciente e após isto elas são bombardeadas com radiação que as fazem vibrar rapidamente, aquecendo-se e destruindo células de metabolismo mais intenso como células tumorais e o vírus do ebola.

Agora o que torna as nanopartículas diferentes de seu estado macro? O estado bulk (como também é chamado o estado macro de um material) apresenta propriedades bastante distintas das nanopartículas, a prata manométrica por exemplo apresenta propriedades bactericidas, a coloração das nanopartículas do tamanho das partículas varia bastante, a prata manométrica apresenta coloração azul e suas ropriedades bactericidas já são conhecidas desde a idade média (não, nanopartículas não são um assunto tão recente assim) e os nobres que ingeriam grande quantidade de tal artefato acreditando, com isso possuir uma saúde excelente, acabavam ficando com a pele azulada, daí a expressão possuir sangue azul relacionada com nobreza.

Para controlar o tamanho e a forma das nanopartículas depende da natureza do estabilizante e da concentração do mesmo durante a síntese, pois sem a presença de algum agente estabilizante o material tenderia a se agregar chegando ao estado bulk, mas essas propriedades inequívocas vem de diversos fatores relacionados com quântica que surgem ao se o tamanho de um material à escala nano (10-9m), por exemplo nanopartículas metálicas possuem um tamanho próximo ao da radiação da luz visível e com isso interagindo de forma diferenciada com essa, liberando uma resposta em coloração (o que enxergamos) diferente de quando se tem uma quantidade infinita de átomos na superfície de um metal interagindo com a luz.

CharactersOfCelu2 copiar-47.png

Sirlon F. Blaskievicz

Estudante de Química - UFPR

#blog #ciência #Siensce